terça-feira, 2 de julho de 2013

Ninguém é Perfeito (Flawless).

Olá cinéfilos (as),

Considerado um dos melhores atores da atualidade, Robert de Niro representou, por diversas vezes no cinema, personagens instáveis, como Travis Bickle em Taxi Driver, Jake LaMotta em Touro Indomável e Al Capone em Os Intocáveis, entre outras obras. Há também em sua extensa carreira, filmes mais leves, com contexto menos desafiador que o dos filmes citados. Ninguém é Perfeito é um destes filmes...

www.movieposterdb.com
 Lançado em 1999, sob direção de Joel Schumacher (Um Dia de Fúria, Os Garotos Perdidos, Tempo de Matar, entre outros sucessos) e produzido pela TriBeCa Productions (produtora do próprio Robert de Niro), o filme nos conta a história da amizade que nasce entre um policial aposentado chamado Walt (Robert de Niro) com uma drag queen (interpretado por Philip Seymour Hoffman) chamada Rusty.

Walt é um homem humilde e gentil, porém homofóbico, que tem problemas de convivência com seu vizinho, o sensível Rusty, que dá aula de canto para suas amigas e faz shows no clube noturno Femme Fatale.

Após sofrer um derrame, Walt fica com parte do corpo paralisado, ocasionando, além das limitações de locomoção, dificuldade em falar. Então ele procura seu vizinho Rusty, para que este o dê aulas de canto para melhora do seu problema de comunicação.

No início, qualquer respeito parece impossível, pois Walt ataca ofendendo Rusty e este o força para que siga com os exercícios de fala, porém aos poucos Walt vai cedendo, dando espaço para que Rusty possa, além de trabalhar com sua limitação, tornar-se um grande amigo.

http://www.imdb.com/

Não é uma das melhores atuações de Robert de Niro, e nem de Philip Seymour Hoffman (que alíás, foi demasiadamente carismático) , mas vê-los atuando juntos foi uma experiência agradável.

Apesar do filme ser denominado como drama, acho que se enquadra também como comédia. As provocação entre Walt e Rusty são engraçadas e tornam o filme mais interessante do que se fosse tratado somente pela visão do preconceito e do sofrimento de Walt com suas limitações.

Na sua opinião, qual a melhor atuação de Robert de Niro?

Beijos!